Teu cheiro amarfanho durante toda a cidade
e nos dentes postos sobre a mesa
como um escapulário tua lascívia eu pressinto.
Nem a lua nem teus olhos certamente me salvarão deste teu cheiro espesso.
Eu cresci nestas estranhas paragens sem estrelas entre bichos e flores
como se não fossem cobertos pela escuridão.
Apenas arfava um golpe entre o vazio de mim
e a captura de insetos do inferno em teus cabelos.
Em inquietude, me preparo para a dor.

Nelson Magalhães Filho

"Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos

do mundo."
( Fernando Pessoa: Tabacaria)




Realizar trabalhos de arte a base das experiências existenciais, como transpor as imensidões dolorosas das noites urinadas. Fingir figuras concebidas do desejo e da amargura. Instigações obscurecidas pela lua. Não acretido na pintura agradável. Há algum tempo meu trabalho é como um lugar em que não se pode viver. Uma pintura inóspita e ao mesmo tempo infectada de frinchas para deixar passar as forças e os ratos. Cada vez mais ermo, vou minando a mesma terra carregada de rastros e indícios ásperos dentro de mim, para que as imagens sejam vislumbradas não apenas como um invólucro remoto de tristezas, mas também como excrementos de nosso tempo. Voltar a ser criança ou para um hospital psiquiátrico, tanto faz se meu estômago dói. Ainda não matem os porcos. A pintura precisa estar escarpada no ponto mais afastado desse curral sinistro.
Nelson Magalhães Filho

segunda-feira, julho 16, 2007

NOTÍCIAS DO AGORA


Sob a curadoria do artista Caetano Dias, no dia 19 de julho será aberta a exposição NOTÍCIAS DO AGORA na Galeria da Aliança Francesa.
A exposição fotográfica “NOTICÍAS DO AGORA” traz obras de 17 artistas contemporâneos que produzem na Bahia. A abertura será às 19h do dia 19 de julho de 2007 (quinta-feira), na Galeria da Aliança Francesa, na Ladeira da Barra.“Preferi trabalhar com artistas que entendem a fotografia de uma forma mais ampla, híbrida, contaminada, expandida, onde é possível a imagem pintada, copiada, recriada, HQ ou mesmo do still”, explica Caetano Dias.
Para o artista-curador, as fotografias tentam fugir da estética tradicional na medida em que são frutos da experimentação. “Não é uma exposição que se pretende definitiva, pelo contrário, é um breve mapeamento de artistas que trabalham com imagem fotográfica”, completa Dias.
A exposição é montada em núcleos poéticos onde se estabelecem aproximações, mesmo que forçadas, numa tentativa de contaminação entre as obras.
Na ocasião também será lançado um exemplar da revista “INCITO: Notícias do Agora” com textos e fotografias de alguns artistas que participam da exposição.
Caetano Dias nasceu em Feira de Santana (Ba), em 1959. Participou de exposições importantes representando a Bahia e o Brasil em países como Espanha, Estados Unidos e França. Vem recolhendo apreciações críticas das mais importantes no atual cenário da arte contemporânea. Ministra a oficina de “processos contemporâneos” no Museu de Arte Moderna – MAM (BA).
Artistas que participam da exposição:
ANA PAULA PESSOA
CLÁUDIA PÔSSA
CRISTINA LAMAS
EDGARD OLIVA
FABIO DUARTE
GAIO GINA LEITE
JOÃO MEIRELLES
KARLA BRUNET
MARCELO DE TRÓI
MÁRCIO LIMA
MÀRCIO OBERLAENDER
MARCONDES DOURADO
MARTA LUNA
STELLA CARROZZO
TUTI MINERVINO
VIRGINIA DE MEDEIROS

Galeria da Aliança Francesa – Ladeira da Barra
abertura – 19 de julho – 19h (exposição até 14 de agosto)
Contato: (71) 3336 7599, cultural@afbahia.com.br

MAIS INFORMAÇÕES
Lílian Caramel – Assessora de Imprensa – (71) 8151-0893 – liliancaramel@yahoo.com
Caetano Dias – (71) 3356-5871 / 9151-2451
Postado do http://www.overmundo.com.br/

2 comentários:

Ruela disse...

Pena não ser cá!
Deve ser interessante!

Nelson Magalhães Filho disse...

Ruela, você deveria participar desta mostra. Suas fotografias são maravilhosas.