Teu cheiro amarfanho durante toda a cidade
e nos dentes postos sobre a mesa
como um escapulário tua lascívia eu pressinto.
Nem a lua nem teus olhos certamente me salvarão deste teu cheiro espesso.
Eu cresci nestas estranhas paragens sem estrelas entre bichos e flores
como se não fossem cobertos pela escuridão.
Apenas arfava um golpe entre o vazio de mim
e a captura de insetos do inferno em teus cabelos.
Em inquietude, me preparo para a dor.

Nelson Magalhães Filho

"Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos

do mundo."
( Fernando Pessoa: Tabacaria)




Realizar trabalhos de arte a base das experiências existenciais, como transpor as imensidões dolorosas das noites urinadas. Fingir figuras concebidas do desejo e da amargura. Instigações obscurecidas pela lua. Não acretido na pintura agradável. Há algum tempo meu trabalho é como um lugar em que não se pode viver. Uma pintura inóspita e ao mesmo tempo infectada de frinchas para deixar passar as forças e os ratos. Cada vez mais ermo, vou minando a mesma terra carregada de rastros e indícios ásperos dentro de mim, para que as imagens sejam vislumbradas não apenas como um invólucro remoto de tristezas, mas também como excrementos de nosso tempo. Voltar a ser criança ou para um hospital psiquiátrico, tanto faz se meu estômago dói. Ainda não matem os porcos. A pintura precisa estar escarpada no ponto mais afastado desse curral sinistro.
Nelson Magalhães Filho

domingo, julho 20, 2008

LONGA JORNADA PARA UMA BELA ALDEIA GLOBAL


Artistas brasileiros:
Áurea Madeira
Celso Cunha
Graça ramos
Luiz Cláudio Campos
Edgar Oliva
Jaci Matos
José Henrique Barreto
Nelson Magalhães Filho
Lica Miniz
Viga Gordilho
Galeria Cañizares e Escola de Belas Artes da UFBA
Até dia 25 de julho




4 comentários:

Kátia disse...

Olá! Vim finalmente visitar seu espaço.Que lindo!

Jaci Matos é a profª da Ufba também?Conheço uma com esse nome.Que maravilha de trabalhos você faz,estou encantada.E melhor ainda....que bom que é baiano!

:)

Luciano Fraga disse...

Buenas,desejo todo sucesso para Zé,sei que qualidade e genialidade estarão presentes nesta exposição.

Zinaldo Velame disse...

Farei uma visita, conheço bem Zé de Rocha, sempre pinta algo extraordinário. Nelson, valeu!

ronaldo braga disse...

já comentei no blog do zé.
eu não sei o quer dizer.
esse cara faz eu sonhar quando ouço as suas musicas.
e a sua pintura basta dizer que ele está na altura de nelson magalhghães filho ele tem uma sede de vida em seus trabalhos.