Teu cheiro amarfanho durante toda a cidade
e nos dentes postos sobre a mesa
como um escapulário tua lascívia eu pressinto.
Nem a lua nem teus olhos certamente me salvarão deste teu cheiro espesso.
Eu cresci nestas estranhas paragens sem estrelas entre bichos e flores
como se não fossem cobertos pela escuridão.
Apenas arfava um golpe entre o vazio de mim
e a captura de insetos do inferno em teus cabelos.
Em inquietude, me preparo para a dor.

Nelson Magalhães Filho

"Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos

do mundo."
( Fernando Pessoa: Tabacaria)




Realizar trabalhos de arte a base das experiências existenciais, como transpor as imensidões dolorosas das noites urinadas. Fingir figuras concebidas do desejo e da amargura. Instigações obscurecidas pela lua. Não acretido na pintura agradável. Há algum tempo meu trabalho é como um lugar em que não se pode viver. Uma pintura inóspita e ao mesmo tempo infectada de frinchas para deixar passar as forças e os ratos. Cada vez mais ermo, vou minando a mesma terra carregada de rastros e indícios ásperos dentro de mim, para que as imagens sejam vislumbradas não apenas como um invólucro remoto de tristezas, mas também como excrementos de nosso tempo. Voltar a ser criança ou para um hospital psiquiátrico, tanto faz se meu estômago dói. Ainda não matem os porcos. A pintura precisa estar escarpada no ponto mais afastado desse curral sinistro.
Nelson Magalhães Filho

quinta-feira, agosto 30, 2007

CONTRASTES ARTÍSTICOS Exposição colectiva de pintura, escultura e fotografia, que terá lugar na Sala D. Domingos Pinho Brandão do Mosteiro de Sta. Mafalda de Arouca. Que estará patente desde o dia 8 de Setembro (dia da sua inauguração e respectivo porto de honra pelas 17h) até ao dia 7 de Outubro de 2007.
Os artistas participantes nesta exposição, são:
Albano Ruela (Pintor/Escultor – Oliveira de Azeméis)
André Bessa (Pintor – Maia)
Camol d'Évora ( Pintor – Évora)
Carlos Belém (Pintor – Arouca)
Cátia Rodrigues- Caty ( Pintora – Vale de Cambra)
Crispim Ferreira ( Pintor – Maia)
Filipe Paiva (Pintor – Sta. Maria da Feira)
Fraguial (Pintor - Loures)
Humberto Silva (Escultor – Vale de Cambra)
João Carita ( Pintor – Lisboa)
Jorge Miguel (Pintor – S. João da Madeira)
Kim Molinero ( Pintor –Lisboa)
Lopes de Sousa ( Pintor – Aveiro)
M. Glória (Pintora – Vale de Cambra)
Norberto Ricardo (Fotógrafo – Cucujães)
Paulo Martins (Fotógrafo – Vale de Cambra)
Ricardo Passos ( Pintor – Lisboa)
Rui Sousa ( Pintor – Oliveira de Azeméis)
Susana Ribeiro (Pintora – Porto)
Veloso (Pintor – S. João da Madeira )
Vítor Ferreira (Pintor – Vale de Cambra)
Vítor Moinhos (Pintor - Lisboa)

Convidamos a visitar esta mostra de arte (e a estar presente na inauguração), destes artistas. Provenientes de variados locais do país, que através das suas obras, nos levam a “viajar” pelo incrível mundo artístico em que se inserem e o qual desejam transmitir!
Saiba mais no Blog de Artes Plásticas do Albano Ruela:
CLICA AQUI: http://neoartes.blogspot.com/

Um comentário:

Ruela disse...

Gracias Nelson.
Tem um pintor que talvez conheça daí...
Camol D'Évora foi o professor e artista fundador da Associação Cuiabana Belas Artes - ACUBÁ de Mato Grosso, Cuiabá.
Foi também professor da Escola Cândido Portinari em São Paulo e fundador de museus de arte na cidade de Iguape e também foi professor de pintura na Associação Paulista de Belas Artes (1983/85) onde foram seus alunos vários artistas que hoje disputam a lide­rança da sociedade artística brasileira, fundou o Grupo de Artes Plásticas Roberto Colla­ ço, o Grupo de Artes Plásticas Raimondo Fiorentino, formado por artistas de ascen­dência italiana e com pintores luso-brasileiros, a Academia de Belas Artes Sant'Ana, (da qual é Presidente desde a sua fundação), coordenou exposições e cursos de Arte.
Obrigado mais uma vez.