Teu cheiro amarfanho durante toda a cidade
e nos dentes postos sobre a mesa
como um escapulário tua lascívia eu pressinto.
Nem a lua nem teus olhos certamente me salvarão deste teu cheiro espesso.
Eu cresci nestas estranhas paragens sem estrelas entre bichos e flores
como se não fossem cobertos pela escuridão.
Apenas arfava um golpe entre o vazio de mim
e a captura de insetos do inferno em teus cabelos.
Em inquietude, me preparo para a dor.

Nelson Magalhães Filho

"Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos

do mundo."
( Fernando Pessoa: Tabacaria)




Realizar trabalhos de arte a base das experiências existenciais, como transpor as imensidões dolorosas das noites urinadas. Fingir figuras concebidas do desejo e da amargura. Instigações obscurecidas pela lua. Não acretido na pintura agradável. Há algum tempo meu trabalho é como um lugar em que não se pode viver. Uma pintura inóspita e ao mesmo tempo infectada de frinchas para deixar passar as forças e os ratos. Cada vez mais ermo, vou minando a mesma terra carregada de rastros e indícios ásperos dentro de mim, para que as imagens sejam vislumbradas não apenas como um invólucro remoto de tristezas, mas também como excrementos de nosso tempo. Voltar a ser criança ou para um hospital psiquiátrico, tanto faz se meu estômago dói. Ainda não matem os porcos. A pintura precisa estar escarpada no ponto mais afastado desse curral sinistro.
Nelson Magalhães Filho

segunda-feira, agosto 27, 2007

MAM recebe I Fórum de Artes Visuais da Bahia
Fonte: Ipac - ascom@ipac.ba.gov.br

A primeira edição do Fórum de Artes Visuais da Bahia será realizada entre os dias 31 de agosto e 02 de setembro, no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM – Ba), vinculado ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC). O evento vai reunir artistas, pesquisadores, instituições e o público em geral com o objetivo fazer um diagnóstico das artes visuais no estado.
Na manhã de abertura, dia 31, autoridades e representantes da Associação de Artes Visuais do Estado da Bahia (AAV-Ba) e Associação de Artistas Modernos (ARPLAMB), que promovem o evento, farão apresentações sobre os desdobramentos do Fórum. A partir das 14h, grupos de trabalhos iniciarão discussões sobre o panorama das questões visuais na Bahia.
O Fórum será dividido em sete grupos: Linguagens Visuais e interdisciplinaridade, Ensino e aprendizagem da arte, Conservação e restauração, Mercado e Produção, História, crítica e curadoria, Políticas Públicas e Novas Tecnologias. Os mediadores de cada seção vão reunir os principais temas debatidos e uma plenária, que será realizada no dia 02 de setembro, vai eleger as questões mais relevantes para nortear, junto às autoridades estaduais e municipais, políticas públicas para a área.
Ainda na sexta-feira, como parte integrante do Fórum, será realizado I Encontro de Gestores: Perspectivas de cooperação inter-institucional. A iniciativa busca criar uma rede de cooperação entre as instituições baianas relacionadas à produção, circulação e difusão das artes visuais contemporâneas da Bahia. Entre as propostas, estão a criação o anuário de artes visuais, consolidação do corredor das Artes, apoio ao programa de residência para artistas da Secretaria de Cultura e indicação de exposição para circulação internacional.
No sábado, a programação será aberta por Lisette Lagnado, curadora-geral da 27ª Bienal de São Paulo, discutindo os processos curatoriais na arte contemporânea. As atividades seguem com os grupos de trabalhos e os debates sobre o cenário das artes visuais baianas.
No dia 02, o primeiro horário do Fórum será dedicado ao lançamento do Edital 14ª Salão da Bahia. No domingo, como proposto, será realizada a plenária final do encontro e redigido o documento que será entregue às entidades públicas, seguindo o objetivo central do Fórum de Artes Visuais da Bahia.
O encontro é co-realizado pelo MAM – Ba e conta com as parcerias da Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia, Universidade Salvador, Instituto Sacatar, Acbeu, Alliance Française e Goethe-Institut. As inscrições podem ser feitas no dia 31 de agosto, a partir das 9h, no MAM. O evento é gratuito.

Nenhum comentário: